Quem Somos

Sempre o Senhor Deus deseja encontrar seus filhos e utiliza de investidas essenciais e misericordiosas para alcançar o coração de cada um de Seus filhos, que por Ele são muito amados. O despertar da Nova Primavera, anunciada pela igreja Católica, trouxe para a humanidade a oportunidade de alçar um novo livre voo pela experiência do Espírito Santo. Assim como em Pentecostes, hoje podemos permanecer nesta mesma vivência, a partir do mergulho pessoal na pessoa do Paráclito, que inunda o ser daqueles que abrem o coração para o despertar espiritual, animando a fé e deixando-se envolver pelo apelo do Amado Deus que se dá sem nada pedir em troca.

No meio deste movimento vivo, concedido pelo Espirito Santo e emanado no coração de tantos, nasce a Obra Kadosh, que prioritariamente, vai firmando a sua existência na oferta de vida e na resposta fecunda aos planos do Pai. Nasce para o mundo inteiro, homens e mulheres, jovens e crianças, uma espiritualidade forte, misericordiosa e profunda. O carisma Kadosh, no meio desta primavera, desabrocha para todos nós a graça do novo de Deus. Somos uma marca especial da pessoa de Cristo em nossa carne. Tomamos para nós a grande riqueza de sermos uma parte do todo que é a Igreja e neste todo, exalar a radicalidade que tanto nos é pedido por parte de Deus, que nos chama pelo nome e exclama: “Kadosh!”.

 “Sede santo, como vosso pai celeste é santo”. Este trecho cristológico é a marca da autenticidade da Vocação Kadosh, na qual, deixa-se envolver por este grande e impetuoso chamado para santidade. O Senhor pede de nós muito mais do que uma pequena expressão de fé, nos chama a sermos este testemunho de santidade para toda a humanidade.  Por isso, que vivemos como Gotas de Santidade, pois mesmo na pequenez de nossas vidas, acolhemos e dizemos sim para a radical santidade. O Senhor sabe que a santidade é possível para nós, e faz do Kadosh esta lança a encontrar os corações que permanecem nas margens do amor. Somos uma obra missionária, construída pelo sim de cada dia dado pelos irmãos que consagram suas vidas e partem em missão para anunciar a beleza da santidade e que vale muito a pena viver na vontade de Deus. Somos uma comunidade de Vida e Aliança, na qual, nos entrelaçamos pela mesma causa que é o Reino dos Céus, a evangelização dos povos.

“O Senhor nos faz viver um Carisma, um presente do alto, um novo modelo de vida, uma nova história. Nossas experiências se firmam naquilo que nosso Amado, por bondade nos ofereceu. E se nós pudéssemos gritar para o mundo ouvir, o faríamos e diríamos: Kadosh! Minha vida, minha felicidade! De fato, ser Kadosh é fazer valer a alegria de ser um filho de Deus, lançar ao céu toda uma juventude, uma vida de maturidade, a uma condição, um modelo de vida.”

E.V.C.K.

Nosso Carisma

A vivência do Carisma Kadosh nasce de uma intensa e abandonada vida no amor esponsal que brota do coração ardente pelo Espírito Santo. Este impulso vivido como fruto deste Amor Esponsal,  realiza em cada um de nós,  o manifesto precioso da vontade do Amado em nós. E só conseguimos compreender a transfiguração deste amor em nós, pela irrigação do coração pela água viva que jorra a partir da vida de oração.  Somente pela oração se toca este amor incomparável, e somente pela oração podemos caminhar esperançosos de um amadurecimento de nossa fé. Somos aprendizes dos nossos queridos baluartes que gera em todos nós a certeza de uma santidade possível, mas que exige decisão pela vida de oração. Não se pode encontrar coração ofertado, se este mesmo coração não estiver envolvido nesta amizade com Deus que nasce da perseverança da oração.

Eles, Santa Teresa D`Ávila, São João da Cruz e São Miguel Arcanjo, nos sinalizam um caminho de grandes oportunidades para a maturidade espiritual. Nossos queridos baluartes são para o povo Kadosh, exemplos de vida doada, de vida abandonada, de vida radical no Evangelho. O que vivemos é uma espiritualidade que se encaixa na nossa humanidade e se atualiza a cada instante, pois Deus não nos deu um carisma rígido e limitado, mas pelo contrário, nos concedeu uma perfeição carismática para nossa imperfeição humana. É um movimento particular, experimentado por cada um que verdadeiramente se lança e sem medir deixa o amor trabalhar no coração as obras tão essenciais.

Educamos a as nossas vidas para o zelo a palavra de Deus que nos conduz e nos fortalece, e colocamos a vivência dos sacramentos como plataforma fundamental para que tudo se construa em solo firme. Elevamos Maria ao seu devido lugar, e a honramos como Mãe e Mestra de nossas vidas.  E pela vida de louvor, que tanto nos é necessária, crescemos em unidade. O louvor nos faz irmãos! Vivemos também a profundidade na liturgia que em cada tempo, nos leva a testemunharmos a graça de Cristo Jesus, que vive e reina, e por isso, devemos celebrar com total alegria e perfeição.

A vivência dos conselhos evangélicos nos leva a decidirmos por Cristo e em Cristo podermos anunciar sua beleza. Aproximando-nos a vida de Jesus Ressuscitado, tornamos mais real nosso testemunho, e nossas palavras não cairão na terra sem produzir frutos. A pobreza, a obediência e a castidade são membros importantíssimos do corpo místico do consagrado.

O consagrado ao carisma Kadosh, leva no peito um grito de santidade, identificado pela cruz que nos representa. Na frente desta cruz está inserida uma gota dourada, que caracteriza a pequenez do escolhido e a realeza de quem escolheu. Atrás da cruz, encontramos três pontos dourado, evidenciando que dentro do coração missionário precisa acontecer a atualização da pobreza, obediência e castidade, para a sadia vida missionária.

Somos orientados pelos regimentos comunitários que se encontra no Escritos para Vida Consagrada(EVCK), no qual, direciona o povo Kadosh para a fidelidade ao carisma, deixando claro, o que de fato, precisamos deixar para trás e o que precisamos colocar como primazia.

Nosso Fundador

Felipe Napoleão Xavier da Silva é fundador e moderador geral da Comunidade Católica Kadosh. Nascido em 2 de agosto de 1988, em Fortaleza (Brasil), foi educado em ambiente católico e, muito cedo, teve sua experiência com o batismo no espírito Santo. Passou a participar de grupos de oração para crianças e jovens. Em 2006, teve uma nova forte experiência com o amor de Deus a partir de um Seminário de Vida no espírito Santo.

Em 24 de outubro de 2008, após um convite mega extraordinário para animar um grupo de jovens na Capela Sagrada Família de Nazaré, na paróquia Santíssima Trindade, no bairro José Walter, Fortaleza – Ce, dar-se início a este novo tempo na vida de alguns jovens. Neste dia começa a vida missionária da Obra Kadosh.

Nossa História

2008

No dia 24 de Outubro de 2008 começa os trabalhos como grupo de Oração Kadosh, na Capela Sagrada Família. Cerca de 25 jovens se reúnem e louvam a Deus por ali estarem em comunhão com Deus. Daí em diante o número de membros e a atividade exercida começou a crescer. Ainda sem noção do que viria, os primeiros jovens davam o tudo de si e à medida que cresciam na graça e na disposição à evangelização, ganhavam novos horizontes e as fronteiras pareciam menos distantes. Neste princípio, a única certeza de que alguma coisa estava dando certo era o próprio Deus. Desde o primeiro planejamento, aparentemente amador, passando pelo discernimento do nome que levaria – os, Kadosh, até a iniciativa da evangelização como meio primordial da vida daqueles jovens, é possível perceber a tamanha graça providencial. O vigor e a ousadia nasciam de corações ardentes e sem medo. Na verdade, o único medo que se tinha era o de não poder dar o que Deus pedia a cada dia.

2009

Com o avanço dos trabalhos de evangelização dos jovens, o grupo ganhava novos adeptos e com isso a força para missão aumentava. Neste ano, com o suscitar de Deus e com grande empenho de todos, realizamos o nosso primeiro musical, no qual, marcou o início dos trabalhos artístico na Obra. Tivemos o nosso retiro de aprofundamento do nosso grupo de oração, e demos início aos trabalhos de Kerigma, já que Deus nos pedia mais na evangelização, e como enfrentávamos dificuldades em anunciara devido a falta de aprofundamento e preparo, começamos este encontro de formação para evangelização que até hoje permanece no caminho dos membros de grupo de oração.

2010

Neste ano, fomos agraciados com um convite de ajudar a animar um grupo de oração de outra capela, da mesma paróquia. Isso foi um grande presente, pois aquilo que mais gostávamos de fazer ia se expandindo: a evangelização dos jovens. Com o aumento de trabalhos, e números de membros na obra. A visibilidade dos trabalhos com os jovens começava a crescer, como também as cobranças e as perseguições, que desde o princípio nos rodearam, aumentava e ganhava mais violência. Mas, diante das adversidades encontradas continuamos os trabalhos. A nossa intimidade com Deus nos sustentava, sempre. Também em 2010, demos um largo passo na fé realizando um grande retiro para jovens, e cerca de 100 jovens participaram deste encontro tão especial. E ficamos muitos felizes quando tantos jovens tiveram a oportunidade de encontrar o amor de Deus e o Carisma Kadosh.

2011

Ano de muita graça, pois em janeiro do corrido ano, a obra realiza seu primeiro Acampamento de Jovens. Uma grande ousadia, pois este retiro era de dimensão diferente, exigia de nós uma organização e disposição para fazer acontecer. Tivemos neste retiro cerca de 50 jovens, participantes e serviços. Saímos deste acampamento muito felizes, já com a vontade de realizar outro, muito melhor. os trabalhos de evangelização continuava, e junto com o crescimento, vinha a necessidade de reunir este povo.

2012

Saímos do ano de 2011 com a real convicção que precisávamos de um lugar que reunisse todo o povo para que tivéssemos uma vida comunitária mais ardente e contínua. Foi assim, que começamos a rezar para que Deus mandasse um "sinal" para nós. Fizemos o Cerco de Jericó para que fortalecêssemos a intercessão pelo centro de evangelização. Foram dias de muita espiritualidade e dedicação. Cada equipe da escala de intercessão dava continuidade ao clamor a Deus em nome de toda obra. Se fosse vontade de Deus que Ele mesmo nos direcionasse um local. E assim aconteceu, pouco tempo depois da vivência do Cerco de jericó, conseguimos alugar um espaço, digamos um pequeno espaço, na cabia muita gente dentro. Praticamente, alugamos um vão para termos encontro de grupos de oração por horário. Mas ficamos tão felizes, que para nós parecia que tínhamos alugado um palácio. Neste mesmo ano começamos a viver os Encontro de Preparação Missionária, no qual, alguns membros da obra que sentiam um chamado maior para vida missionária, viviam este encontro, uma vez ao mês nos reuníamos para sermos formados com temáticas mais profundas relacionadas a vida de missão. Começava a se desenhar o caminho vocacional Kadosh, mesmo sem percebermos. Crescemos muito neste tempo. Já não éramos apenas um grupo de oração, mas Deus aos poucos ia dando condução para algo maior.

2013

Para este ano o Senhor preparou grandes marcos históricos na caminhada da Obra. Um grande e largo passo na fé foi dado em várias dimensões na vida missionária Kadosh. Vimemos a consagração da primeira turma de missionários no dia 26 de junho, 5 irmãos da Comunidade Vida e 1Comunidade Aliança. Foi o bastante para ganharmos uma força interior que nos levaria para novos desafios e novas conquistas. Hoje sabemos a importância deste sim dado. Realizamos o Congresso de Jovens Conectados, no ginásio Aécio de Borbas. Juntamos todas as forças para que se concretizasse esta frente de evangelização. Devido as condições financeiras, tivemos que sair do Centro de Evangelização, e por alguns meses fiamos em um local emprestado, numa associação do bairro que docilmente nos acolheu. Mas ali, um novo aconteceu. Deus sabia o que faria conosco. Tempo de provas e esperas no Senhor.

2014

Com a graça de Deus, no dia 30 de Maio iniciamos os trabalhos missionários no bairro do Montese em Fortaleza, com um grupo de oração misto. Pouco tempo depois fomos convidados a estarmos no distrito de Jaguarão em Aracoiaba. Aos pés de Nossa Senhora Aparecida, no dia 12 de outubro após uma semana de evangelização, oficializamos os começo da jornada de trabalho. Como Deus sempre é providente para conosco, neste mesmo ano, adquirimos o Centro de Evangelização - Casa Mãe, com maior espaço e possibilidade de acolher melhor as pessoas, além de podermos viver atividades dentro do centro. Um graça que vivemos até hoje e damos glórias a Deus por tamanho amor e bondade. Diante de tantas graças, ainda neste mesmo ano, a obra começou os trabalhos com as famílias, especificamente com casais e crianças. Vivemos o primeiro Seminário de Vida no Espírito Santo. Agora o carisma alcança uma dimensão com as famílias.

Leia Mais