Hoje é celebrado Santo Onésimo, Bispo de Éfeso

fevereiro 16, 2017 10:26 am Publicado por Deixe um comentário
Onesimo_16Febrero

Santo Onésimo foi um escravo fugitivo que se tornou Bispo de Éfeso e que morreu mártir ao ser apedrejado em Roma. Seu nome vem do grego e significa “proveitoso”.

Segundo o Martirológio Romano, Onésimo “foi acolhido por São Paulo de Tarso e concebido como filho na fé”. Isto ocorreu quando fugia da justiça depois de ter roubado seu amo Filêmon, um cristão rico e líder da Igreja de Colossos (território da atual Turquia).

Foi quando Onésimo entrou em contato com São Paulo, que se encontrava, então, como prisioneiro em Roma. O Apóstolo o converteu, batizou e o enviou à casa de seu antigo amo com uma carta de recomendação tal como está escrito em sua carta a Filêmon 10-12: “Venho suplicar-te em favor deste filho meu, que gerei na prisão, Onésimo. Ele poderá ter sido de pouca serventia para ti, mas agora será muito útil tanto a ti como a mim. Torno a enviá-lo para junto de ti, e é como se fora o meu próprio coração”.

Nos versículos 18-19 da mesma epístola, Paulo se compromete a pagar as dívidas de Onésimo. “Se ele te causou qualquer prejuízo ou está devendo alguma coisa, lança isto em minha conta. Eu, Paulo, escrevo de próprio punho: Eu pagarei. Para não te dizer que tu mesmo te deves inteiramente a mim!”.

Dos 25 versículos que a carta de São Paulo a Filêmon contém, 12 são dedicados a apresentar Onésimo com seu filho . Em sua carta aos Colossenses (4,7-9), cita novamente Onésimo e conta que voltou à casa de Filêmon e finalmente foi enviado como um verdadeiro irmão:

“Quanto ao que me concerne, o caríssimo irmão Tíquico, ministro fiel e companheiro no Senhor, vos informará de tudo. Eu vo-lo envio para este fim, para que conheçais nossa situação e console os vossos corações. Ele vai juntamente com Onésimo, nosso caríssimo e fiel irmão, conterrâneo vosso. Ambos vos informarão de tudo o que aqui se passa”.

Ao que parece, Filêmon perdoou e colocou em liberdade seu escravo arrependido e o mandou se reunir de novo com São Paulo.

São Jerônimo conta que Onésimo chegou a ser pregador do Evangelho e, em seguida, Bispo de Éfeso por ordem do Apóstolo Paulo. Posteriormente, Onésimo foi feito prisioneiro e levado a Roma, onde morreu apedrejado.

ACI Digital